Mãe de assaltante desabafa após filho ser agredido por vítima: 'Nada justifica'

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mãe de assaltante desabafa após filho ser agredido por vítima: 'Nada justifica'

Mensagem por Questao em Ter Jul 11, 2017 2:32 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Dupla foi agredida ao tentar roubar a carga de um caminhão em Praia Grande, no litoral paulista. Familiares dos criminosos queriam registrar boletim de lesão corporal, mas não conseguiram.

A mãe de um dos suspeitos de tentar roubar a carga de um caminhão e ser agredido pelas vítimas do assalto, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, diz estar "revoltada" e preocupada com o filho, cujo o caso repercutiu nas redes sociais. Na delegacia, ela tentou fazer um boletim de ocorrência de lesão corporal, mas não conseguiu.
O caso ocorreu na quinta-feira (6). Erick Thadeu Pariz de Oliveira, de 23 anos, e Gregory Perciliano de Jesus, de 20, tentaram roubar com uma arma falsa um veículo no bairro Quietude. Não conseguiram, foram imobilizados, agredidos e desarmados pelas vítimas. Em seguida, acabaram presos pela Polícia Militar.
"Quando soube o que aconteceu, fui à delegacia ver meu filho. Cheguei lá e ele estava muito machucado. Ele foi espancado. Tentei registrar um boletim de ocorrência de lesão corporal. Nada justifica", disse a funcionária pública Iris Perciciliano, de 38 anos. Ela é mãe de Gregory, que já foi preso em 2014 por tráfico de drogas.
O delegado, responsável pela ocorrência, Alexandre Comin, informou que não faria o boletim, uma vez que as vítimas atuaram em legítima defesa e por terem sido ameaçadas por uma arma, que não sabiam que era falsa (simulacro). "Eu estou revoltada. Meu sentimento é de revolta, pois meu filho pode morrer por causa dos ferimentos".
Iris entende que Gregory cometeu um crime. "O que ele [o filho] fez não é certo, mas ele foi espancado. Isso não é legítima defesa mesmo. O ferimento no rosto do meu filho parece que quebrou algo, está muito feio. E o delegado ainda postou o caso na internet. Não é ético", desabafa. Por isso, ela quis representar contra as vítimas do crime do próprio filho e contra o delegado.
Erick Thadeu e Gregory Perciliano foram presos ao tentarem roubar carga de caminhão (Foto: G1 Santos) Erick Thadeu e Gregory Perciliano foram presos ao tentarem roubar carga de caminhão (Foto: G1 Santos)
Erick Thadeu e Gregory Perciliano foram presos ao tentarem roubar carga de caminhão (Foto: G1 Santos)

Humilhação
A esposa de Erick, Vanessa de Jesus Oliveira Silva, de 24 anos, disse também não concordar com a atitude do marido, nem com as agressões contra ele. "Depois que o delegado negou o boletim, as vítimas ficaram rindo da nossa cara. Eu me senti humilhada. Que violência é essa deles? Não vai a lugar nenhum", definiu.
Ela também alega que o delegado postou em uma rede social um comentário sobre o caso. O comentário repercutiu na internet. "As pessoas estão nos difamando e nos ofendendo. Isso não é certo. A gente quer tomar uma providência, pois fomos tratados como cachorro. É uma falta de respeito. Cadê os direitos humanos?".
Na manhã desta sexta-feira (7), os familiares foram até o Fórum de Praia Grande para acompanhar a audiência de custódia dos dois rapazes presos. No local, eles foram informados que a audição ocorreria no Fórum de Santos. Eles disseram que vão representar contra o delegado no Ministério Público Estadual.
O caso
Erick e Gregory tentaram roubar a carga de um caminhão na Rua Gastão de Souza Oliveira, segundo a Polícia Civil. Eles estavam armados. As vítimas conseguiram reagir, lutaram com os assaltantes e os imobilizaram até a chegada da Polícia Militar. O caso foi encaminhado à Delegacia Sede da cidade, onde os dois foram presos em flagrante.
O delegado Alexandre Comin, responsável pela ocorrência, reafirmou que atendeu os familiares da dupla, mas explicou a eles que não faria um boletim de ocorrência de lesão corporal em favor dos dois, pois as vítimas agiram em legítima defesa. "[As vítimas] estão respaldadas pela lei", afirmou. Sobre a postagem na rede social, ele não quis comentar.
O caso foi registrado como roubo a patrimônio e segue em investigação. Comin ainda disse que os suspeitos foram submetidos a atendimento médico e a exame no Instituto Médico Legal (IML) de Santos, que o liberaram para permanecer presos. Ambos foram encaminhados à cadeia publica

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
"Seu verdadeiro lar está dentro do seu coração e continua com você onde quer que você vá; mas um lugar legal e aconchegante é um motivo maravilhoso para voltar para casa!"
-J.R.R.Tolkien
avatar
Questao
Farrista além das fronteiras da sanidade
Farrista além das fronteiras da sanidade

Mensagens : 27930
Data de inscrição : 12/06/2010
Idade : 32

http://www.anovatocadocoelho.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mãe de assaltante desabafa após filho ser agredido por vítima: 'Nada justifica'

Mensagem por elcioch em Ter Jul 11, 2017 7:12 pm

Toma no....
se tem tanta preocupação com o fio dalhe porrada paar criar vergonha na cara e virar gente.
E se o fio @#$% roubar, matar, torturar, estuprar ta tudo dez né mãezinha?
avatar
elcioch
Estou chegando lá
Estou chegando lá

Mensagens : 5721
Data de inscrição : 14/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mãe de assaltante desabafa após filho ser agredido por vítima: 'Nada justifica'

Mensagem por Seu Madruga em Seg Set 11, 2017 3:08 pm

já o assalto tem justificativa kkkk
avatar
Seu Madruga
Farrista Cheio de Guéri-Guéri
Farrista Cheio de Guéri-Guéri

Mensagens : 176
Data de inscrição : 13/09/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mãe de assaltante desabafa após filho ser agredido por vítima: 'Nada justifica'

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum