Policiais do AxÉ

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Policiais do AxÉ

Mensagem por alancosme32 em Qui Nov 27, 2014 1:48 pm

Nome da obra – Policiais do AxÉ

Autor – Alan Cosme Machado de Almeida

Apelido – APlove23

gênero weird fiction

Prólogo

No início dos tempos uma força primordial criou o multiverso e tudo o que nele habita e isso inclui planetas, estrelas deuses e animais. No planeta gallyfreyy55 um nativo chamado Douglas Adams batizou o evento como ATEA, já que a divindade não era social e não gostava de falar
O tempo não é uma constante logo não dá para saber se essa estória se passa no passado, presente ou futuro, ou em uma dimensão paralela. Uma da infinitaaas.
Os milhares de milhões de anos se passaram e eis que chegamos ao planeta T546, que mais tarde seus habitantes sencientes do planeta o chamariam de Terra.

Os primeiros deuses não respeitavam a ideia simétrica de beleza jumana, logo só contemplar sua visão ou presença poderia ser fatal. Pior do que forças da natureza. O estágio abaixo na hierarquia são os anjos de luz e por último os anjos de carne. Representantes da natureza são o mais próximos possíveis da raça humana, mesmo assim ainda muito distantes.

Stone Metal

Na primeira idade da pedra lascada, ou seria a segunda ou a última? Seres humanos erguiam muralhas para conviver bem com os lagartos trovões, lagartos gigantescos que eram guiados pelos reptilianos. Nessa muralha dois guardas conversavam para manter o frio e o tédio afastados

- Tho-mas, já pensou se em outro lugar há um outro nós dois tendo essa mesma conversa?
- Raf-el, você lê demais. Tá precisando de uma namorada.

BOOOM! Uma grande explosão.

Os guardas munidos com lanças-pistolas voltaram sua atenção para eles, os invasores reptilianos. O líder deles era um semideus lagarto. Impossível de ser derrotado, mesmo assim os guardas tentaram.

Longe dali vestindo uma armadura dourada e com asas reluzentes aguardava um anjo o Doutor Exú.

Quando os reptilianos já tinham deixado as presas moribundas e seguido em frente, o anjo foi ter com eles,SSSSSS

Um estava já morto, não lhe servia de mais nada, - Raf-el, pretende continuar na luta?

O humano não conseguia falar. Um breve gesticular foi suficiente.

Raf-el virou um egum, espirito dos mortos. Não foi necessária magia e sim tecnologia do fim dos tempos, tecnologia ômega que pode fazer basicamente quase qualquer coisa. Agora Raf-el pode apoiar a causa travestido de pistola satânica, inclusive com emblema de caveira na frente.

Enquanto isso as outras partes de wakanda eram atacadas. Mas eis que no reino havia um campeão, Capenguele da armadura de Xangô. Um negro parrudo vestindo uma armadura rubra, em suas mãos machados duplos.

Do alto de uma torre de vigília o guerreiro de Xangê se jogou com os machados a frente. Foi uma carnificina reptiliana.

Com o final da luta vitoriosa, Dr.Exú pegou o egun que foi espólio de guerra e feo embora.
avatar
alancosme32
Farrista das "Árvores Somos Nozes"
Farrista das

Mensagens : 788
Data de inscrição : 09/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum