É BARATO mas é BOM!

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

É BARATO mas é BOM!

Mensagem por DiogoHellblazer em Sab Jul 19, 2014 10:53 am

Estou fazendo uma oficina sobre empreendedorismo e organização empresarial (penso em montar uma empresa no futuuuro) e me deparei com essa noção sobre precificação:

"A tendência de uma empresa não líder é estabelecer um preço muito baixo para o seu produto. Pode vir a ser um "tiro pela culatra". A percepção dos consumidores é facilmente orientada a posicionar o produto (ou serviço) na perigosa faixa de produtos de baixa qualidade".

Pensei na hora em diversos produtos. No mercado eu sempre falo com minha esposa para levar a marca aprovada e uma outra barata "para experimentar". Já encontrei produtos interessantes assim.

Pra começar de leve a brincadeira, a minha primeira dica é simples: Maionese Hellmans? Sim, sem sombra de dúvidas a melhor. Mas eu compro essa aqui de boa: [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.].

ABS TMJ SRN
avatar
DiogoHellblazer
Arrafista sem medo de nada
Arrafista sem medo de nada

Mensagens : 74
Data de inscrição : 13/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Mogur em Sab Jul 19, 2014 3:24 pm

O mesmo para cervejas e café. Tem que experimentar para saber se presta ou não. Preço alto não diz nada...

_________________
Porque um homem que foge do seu medo pode descobrir que, afinal, apenas enveredou por um atalho para ir ao seu encontro. (J. R. R. Tolkien, em Os filhos de Húrin)
avatar
Mogur
Não tenho mais vida fora daqui
Não tenho mais vida fora daqui

Mensagens : 8799
Data de inscrição : 09/06/2010
Idade : 38

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por elcioch em Sab Jul 19, 2014 4:03 pm

vero! as vezes ja comprei produto mais caro na prateleira e não gostei e por fim me agradou um mais em conta!
avatar
elcioch
Estou chegando lá
Estou chegando lá

Mensagens : 5641
Data de inscrição : 14/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por ediv_diVad em Dom Jul 20, 2014 12:22 am

Preço alto muitas vezes serve pra justificar os altos investimentos em marketing pesado, sugestões hipnóticas na base da repetição vindas de todos os lados, que vc vê e também dos que você não vê, então realmente tem que ficar de olho.

PS: só hellmans é a verdadeira maionese, isso eu "sei" desde pequeno...

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
ediv_diVad
Farrista além das fronteiras da sanidade
Farrista além das fronteiras da sanidade

Mensagens : 20265
Data de inscrição : 10/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Nika Hagen em Seg Jul 21, 2014 6:41 pm

Nos pagamos preço elevado por causa da marca e naum do produto em si
avatar
Nika Hagen
Farrista das mil e uma noites
Farrista das mil e uma noites

Mensagens : 1015
Data de inscrição : 13/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Quero Café em Seg Jul 21, 2014 7:07 pm

Essa história de pagar só pela marca é um clichê.
Há sim marcas que são famosas e não oferecem um produto que se espera que seja condizente com o preço, mas há marcas cujo preço é maior e os produtos são melhores sim.
Do mesmo jeito que há marcas que são baratas e boas e marcas que são baratas e ruins. Mas também há aquelas que são baratas e são não ruins. Nem boas e nem ruins.
A Hellmans é um exemplo de que não é nem cara e nem barata e cujos produtos são bons.
Não vou falar das baratas e ruins.
Não estou lembrando de preço agora, mas, segundo lembro, parece que a Etti é barata e é bem razoável.
Mas quando você pega uma mostarda da Heinz, por exemplo, você vê que é melhor.
Acho que rola de ir fazendo uma variação de acordo com o bolso de cada um.
De vez em quando, você compra Hellmans, de vez em quando compra Etti ou mais barata e de vez em quando, mais de vez em quando ainda, você compra Heinz.
avatar
Quero Café
Farrista "We are the Champions"
Farrista

Mensagens : 7785
Data de inscrição : 12/06/2010
Localização : Às vezes em Marte, às vezes no espaço sideral

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por ediv_diVad em Seg Jul 21, 2014 10:41 pm

RamonHaldés(Ex Hal 9000) escreveu:Essa história de pagar só pela marca é um clichê.
Não sei se é um clichê, mas pode ter certeza que muitas pessoas menos esclarecidas consomem sim pela marca, até nós, consumidores racionais (mentira, porque todos compramos por motivos inconscientes na maioria das vezes) estamos sujeitos a gostar mais de algo pelos valores inconscientes de uma marca, principalmente aquelas a que estamos expostos desde a infância, só de ver uma marca que você conhece já aumenta drasticamente sua afeição (ou rejeição) a ela em relação a uma marca nova ou desconhecida (e a probabilidade de você levar ou não).

O que tu falou faz sentido, mas é fato que grande parte do público escolhe sim e paga até mais caro pela marca, mesmo sendo de qualidade semelhante à concorrente.





_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
ediv_diVad
Farrista além das fronteiras da sanidade
Farrista além das fronteiras da sanidade

Mensagens : 20265
Data de inscrição : 10/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Sirius Plissken em Seg Jul 21, 2014 11:15 pm

Tinha um colega que só aparecia nos churras com cerveja Krill. Quase perdemos um amigo.
Minha mãe só usa extrato Elefante. Diz que os outros são mais "aguados" e não rendem tanto.
Aqui em SP tem a rede de supermercados Dia, com produtos mais baratos ou da rede. Sem variedade, mas compensa passar nele e depois completar nos outros.
avatar
Sirius Plissken
Estou chegando lá
Estou chegando lá

Mensagens : 5897
Data de inscrição : 09/06/2010
Idade : 99
Localização : Constelação Canis Major

http://twitradio.com.br/SiriusBlack_X

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por DiogoHellblazer em Seg Jul 21, 2014 11:19 pm

RamonHaldés(Ex Hal 9000) escreveu:Essa história de pagar só pela marca é um clichê.
Há sim marcas que são famosas e não oferecem um produto que se espera que seja condizente com o preço, mas há marcas cujo preço é maior e os produtos são melhores sim.
Do mesmo jeito que há marcas que são baratas e boas e marcas que são baratas e ruins. Mas também há aquelas que são baratas e são não ruins. Nem boas e nem ruins.
A Hellmans é um exemplo de que não é nem cara e nem barata e cujos produtos são bons.
Não vou falar das baratas e ruins.
Não estou lembrando de preço agora, mas, segundo lembro, parece que a Etti é barata e é bem razoável.
Mas quando você pega uma mostarda da Heinz, por exemplo, você vê que é melhor.
Acho que rola de ir fazendo uma variação de acordo com o bolso de cada um.
De vez em quando, você compra Hellmans, de vez em quando compra Etti ou mais barata e de vez em quando, mais de vez em quando ainda, você compra Heinz.

Penso exatamente assim. Por isso que postei o exemplo da maionese Salada. Claro que a Hellman's é melhor. Mas se você vai fazer uma churrascada com o povo não precisa comprar um pode a 8 pilas tendo essa opção a 4. É boa, na comida de bebum vai ficar show tanto quanto a maionese mais cara!

Precisa de Helmmans pra molho rosè??? rsrsr
avatar
DiogoHellblazer
Arrafista sem medo de nada
Arrafista sem medo de nada

Mensagens : 74
Data de inscrição : 13/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por DiogoHellblazer em Seg Jul 21, 2014 11:23 pm

Sirius Black escreveu:Tinha um colega que só aparecia nos churras com cerveja Krill. Quase perdemos um amigo.
Minha mãe só usa extrato Elefante. Diz que os outros são mais "aguados" e não rendem tanto.
Aqui em SP tem a rede de supermercados Dia, com produtos mais baratos ou da rede. Sem variedade, mas compensa passar nele e depois completar nos outros.

Lembro de uma cerveja baixa renda. Era um crime para muitos quando a gente fazia churrasco atrás da faculdade, perto de uma favelinha ali em Madureira. A galera fazia o rateio, todo mundo duro, se fosse de Skol era uma caixa, se fosse de Baixa Renda era quase duas caixas. A gente nem pensava duas vezes. Isso foi 99, 2000...

O nome da cerveja? Itaipava.
avatar
DiogoHellblazer
Arrafista sem medo de nada
Arrafista sem medo de nada

Mensagens : 74
Data de inscrição : 13/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por ediv_diVad em Ter Jul 22, 2014 12:27 am

E eu particularmente prefiro a itaipava do que a skol, mas se for fazer um top of mind, certamente a skol será mais lembrada.

É por isso que os gastos com publicidade são bastante altos, talvez até mais do que com investimento na melhoria do produto. Ironia...

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
ediv_diVad
Farrista além das fronteiras da sanidade
Farrista além das fronteiras da sanidade

Mensagens : 20265
Data de inscrição : 10/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Mogur em Ter Jul 22, 2014 7:14 am

Existem marcas que são um padrão de qualidade. Acho que é mais por não haver concorrência mesmo.

Em outros casos existem mais possibilidades de escolha, então a pessoa deve mesmo é experimentar.

Quem toma Skol é muito inocente, porque a quantidade de marcas e qualidades de cerveja é muito maior do que o que passa nas propagandas! Quem realmente gosta de cerveja não compra essa porcaria!

_________________
Porque um homem que foge do seu medo pode descobrir que, afinal, apenas enveredou por um atalho para ir ao seu encontro. (J. R. R. Tolkien, em Os filhos de Húrin)
avatar
Mogur
Não tenho mais vida fora daqui
Não tenho mais vida fora daqui

Mensagens : 8799
Data de inscrição : 09/06/2010
Idade : 38

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Jamm em Ter Jul 22, 2014 8:15 am

Não dá pra tomar Jesus todo tempo, então tenho ido de Psiu( o psiu teen) que é bebível. kkkk

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Jamm
Farrista além das fronteiras da sanidade
Farrista além das fronteiras da sanidade

Mensagens : 18317
Data de inscrição : 18/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por ediv_diVad em Ter Jul 22, 2014 9:44 am

Esse é um livro bem interessante sobre o tema:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Destaque para o capítulo 3, sobre os "neurônios-espelho".

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
ediv_diVad
Farrista além das fronteiras da sanidade
Farrista além das fronteiras da sanidade

Mensagens : 20265
Data de inscrição : 10/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Koppe em Ter Jul 22, 2014 8:31 pm

Um texto interessante sobre esse assunto, escrito por um publicitário:


Publiciotários: Funciona?

Quando a quinquagésima pessoa me perguntou se aquela campanha dos pôneis malditos servia para alguma coisa, resolvi escrever a coluna. Um dos truques mais valiosos da publicidade é se esconder à plena vista. O importante para qualquer marca é que você se lembre dela na hora de botar a mão no bolso.

Os pôneis malditos foram um hit publicitário daqueles, evidente que uma parte da verba da campanha foi para contratar gente para divulgar o vídeo nas redes sociais, mas não se pode negar que a curiosidade das pessoas alavancou o sucesso. Era uma bobagem, uma bobagem engraçada e bem bolada, mas mesmo assim, nada mais do que computação gráfica e uma música grudenta.

Muita gente veio me dizer que aquilo podia até ser engraçadinho, mas não servia para nada, já que nem se lembravam qual a marca do carro que ela deveria vender. Analisando friamente, o comercial não dava tanta ênfase ao produto como deveria. Os pôneis malditos viraram moda, o carro ficaria atolado, certo?

No mês da veiculação da propaganda, a picape Nissan Frontier teve um aumento de 110% nas vendas. A marca em geral, 81%. Digam o que quiserem sobre a propaganda, mas ela funcionou.

Quando me diziam que não se lembravam de qual era o carro dos pôneis malditos, eu fazia uma pergunta simples: “Você vai comprar uma picape?”. Não foi nenhuma surpresa descobrir que nenhum deles tinha esse objetivo. A ideia da maioria das propagandas não é te tirar do sofá e te fazer comprar algo, é fazer você se lembrar dele quando estiver afim de comprar.

Exemplo desagradável: Eu sempre vi propagandas de absorventes, mas elas nunca registravam nada na minha cabeça, quer dizer, nada além de piadas com aquele líquido azul. Evidente, eu não era o público-alvo. Mas um dia, pressionado a comprar um pacote em caráter de urgência para uma namorada (o que eu acho desnecessário até dizer chega, eu não deixaria uma namorada comprar fraldas para mim…), cheguei até a farmácia e descobri que não tinha nem ideia de qual era a marca dela. Foi quando aquelas propagandas agiram… “Sempre Livre”. Não tinha a porra da menor ideia se era melhor ou não, mas era a marca que eu lembrava.

Pior foi passar no caixa, um cara estava comprando camisinhas. E eu Sempre Livre. Tenho certeza que o filho-da-puta deu um sorrisinho debochado para mim. De qualquer forma…

É muito bonitinho dizer que propagandas tentam te convencer das vantagens de um produto, mas não é a verdade. Assim como eu comprando absorvente, boa parte dos consumidores desse mundo mal sabem o que caralhos estão comprando. Falta referencial para tomar decisões baseadas em qualidade. Qual a melhor picape do mercado? A mais bonita? A mais forte? A mais rápida? A mais barata? E mesmo que o cidadão saiba o que prefere, dificilmente sabe compará-las de uma forma minimamente objetiva. A picape da Nissan é bonita, mas a da Mitsubishi também. O que define a melhor delas?

Sabem a triste verdade? A maior motivadora de qualquer decisão de consumo é a necessidade de tomar uma decisão. Tem quinhentas marcas de quase qualquer coisa que você pode comprar, e na maioria dessas coisas você passa LONGE de ser um especialista. É quase um uni-duni-tê. Produtos muito caros não costumam ter um serviço de pós-compra muito bem desenvolvido à toa: É absolutamente natural bater uma insegurança depois de torrar muito dinheiro em algo que você nem sabe se precisa. Tem um nome chique: “Dissonância Cognitiva Pós-Compra”. Eu chamo de “Entendi Como Funciona”.

Para a sorte das empresas, esse entendimento dura pouco. Logo logo surge mais uma propaganda para deixar o consumidor seguro que fez algo de bom com seu rico dinheirinho. Não podemos arriscar que as pessoas percebam que boa parte das vezes suas escolhas por marcas não significam muita coisa.

Não estou dizendo que TUDO o que você compra é um desperdício de dinheiro. Longe disso. A questão é que tudo é muito mais subjetivo do que escolher o produto com as melhores características. A propaganda da Nissan falou sobre pôneis viadinhos e vendeu um carro supostamente de macho até cansar. Quem queria comprar uma picape chegou na concessionária com a marca e o modelo na cabeça. E mesmo que isso passe longe de ser garantia de venda, o simples fato de ter uma marca e modelo na cabeça facilita demais a escolha.

As pessoas ainda pesquisam, ainda consultam especialistas, mas no final das contas o máximo que podem fazer é escolher um produto. Se a pessoa faz a pesquisa com pessoas influenciadas por uma marca, tende a seguir o bando. Difícil escapar do discurso publicitário.

Principalmente quando ele ainda não foi digerido pelo grande público. Propaganda ainda tem um caráter muito imperativo no imaginário popular: A pessoa acha que a campanha só funciona se ela resolver comprar o produto anunciado na sequência. Se você prestar atenção, virtualmente nenhuma propaganda atual tenta mandar nas pessoas. Funcionou muito bem dar ordens há algumas décadas atrás, mas o povão já está vacinado.

Você não vai ver mais um “Compre o produto X” em nenhuma peça de empresa grande (e agência profissional) nos dias atuais. Isso já foi a regra, é isso que está no inconsciente coletivo de muita gente, mas não é mais assim que se vende alguma coisa hoje em dia.

A sociedade JÁ é consumista. Ninguém precisa mais te mandar tirar a bunda do sofá e gastar seu dinheiro, você já vai fazer isso de um jeito ou de outro. E quando você estiver fazendo o famoso processo de auto-validação pelo consumo (não é papo comunista, é a realidade), que se lembre da marca que buzinou na sua cabeça nos últimos tempos.

A tendência é que você se lembre também de alguns benefícios do produto, mas convenhamos que raramente eles fazem muito sentido para você. É bacana comprar uma lâmpada 20% mais brilhante, muito embora você nem saiba com o que diabos ela está sendo comparada, ou mesmo se isso faz alguma diferença na sua vida. No final das contas, ela é 20% mais brilhante! E isso já está bom.

Não é à toa que você se depara com comerciais dizendo que o xampú “Seboso Frutas Vermelhas D4″ une a refrescância das frutas vermelhas com a proteção da vitamina D4… Nem os químicos que desenvolveram a fórmula sabem o que isso significa. Mas a pessoa precisa ter algum parâmetro de escolha. Nem que ele que precise ser inventado.

As propagandas não são exatamente uma bênção social, mas aposto que você detestaria entrar num supermercado sem ter visto nenhuma. São essas baboseiras que tornam o mercado de livre concorrência minimamente tolerável para o cidadão médio.

A Nissan mostra pôneis malditos porque tem mais umas 80 empresas fazendo a mesma coisa que ela, mas também porque é absurdo exigir que cada pessoa comprando uma picape entenda o que está fazendo. Aliás, é de minha nunca humilde opinião que gente com esses carrões nem sabe porque tem um. Pode apostar que a mula passando lombada em primeira marcha e atravancando a rua toda está num carro gigante com tração suficiente para subir uma parede! Você fica olhando aquele monstro cuja suspensão é mais alta que o seu carro pisando em ovos na rua e começa a entender como a propaganda dos pôneis funciona…

Em nota relacionada: Sally me mandou um e-mail com a propaganda do Fiat Cinquecento com o Dustin Hoffman e o Cigano Igor (esse é o nome dele para sempre). Ela já tinha mandado a do Biafra para o Bradesco Seguros. Nas duas vezes me perguntou o que a empresa e o sacaneado ganhavam com elas. Em tempo: Achei as duas campanhas muito boas também.

Percebam que é o mesmo caso. Para a empresa e para os sacaneados. Por mais que as propagandas tenham boas ideias para divulgar suas vantagens, o produto vendido aqui também não é a estrela. Ele é o acessório para botar a marca na cabeça das pessoas e com um pouco de sorte, desencadear o processo de compra posterior.

É provável que você não se lembre exatamente marca e produto toda vez que quiser, mas eles estão guardados em algum canto da memória. Um canto que vai acender assim que você estiver deparado com uma escolha. Parece que fica só registrada a piada/sacada do comercial, mas o cérebro sempre pega um pouco mais… Algo que eu já mencionei na coluna anterior do Publiciotários.

E é esse um pouco mais que vale trilhões para as empresas de todo o mundo. Também não é por vontade de jogar dinheiro fora que lojas estão sempre abarrotadas de propagandas e que designers cobrem os olhos da cara para desenvolver embalagens. Tudo o que ajudar a refrescar aquela memória da propaganda vale ouro. Propaganda em loja não é para te convencer de nada, é para te lembrar da sementinha plantada anteriormente. Lembrou do pônei, a Nissan está lá. Lembrou do Biafra, o Bradesco está lá. Lembrou do Cigano Igor, a Fiat vem junto. Mesmo que não surja em casa ou conversando com um amigo, experimente lembrar de uma propaganda DENTRO de uma loja onde se vende aquilo. Tenho a impressão que você vai ficar surpreso(a).

E na derivação “falem mal, mas falem de mim” dessa noção de publicidade, estão as pessoas que se sacaneiam na propaganda. Porra, quando que o Biafra conseguiria se reavivar na memória das pessoas se não fosse por isso? As novas gerações não viram o Cigano Igor em seu esplendor de canastrice. Bacana para quem praticamente só é conhecido por isso voltar à mídia. Ser ruim também dá dinheiro. Rebecca Black que o diga…

E, honestamente? Tanto faz ser lembrado pelos grandes talentos quanto pela ruindade, não digo do ponto de vista de realização pessoal, mas ajuda a pagar as contas. Um país que escuta funk e sertanejo não tem referencial para realmente achar a música do Biafra ruim. Assumir que é tosco é capaz de ter feito muita gente desencavar discos dele do fundo do armário.

E país que gosta de Big Brother e Fazenda caga e anda para talento de atuação. Se o Cigano Igor decidir fazer um monólogo, ESSA É A HORA. As pessoas vão, nem que seja para rir. Não é bonito imaginar que aparecer preda o talento, mas é a mais pura verdade.

Lembra que as pessoas vivem acuadas por escolhas? Alguém conhecido tende a ser todo o alento necessário. Melhor do que começar algo do zero. Isso sim é assustador.

As propagandas mais complicadas de fazer, e as que tendem a falhar com maior frequência, são aquelas que tentam fazer o público mudar de hábito. Fazer um alcoólatra mudar de marca preferida é fácil, quero só ver fazer ele tomar chá. A tendência atual é deitar e rolar num mercado apinhado de pessoas que fazem questão de comprar, mesmo que seja apenas pelo prazer de comprar.

Essa ficha ainda não caiu na cabeça da maioria acachapante das pessoas. Você VAI comprar, a briga é para saber quem fica com o seu dinheiro. Por enquanto, o modelo de se esconder na memória funciona. E assim como o modelo imperativo do meio do século passado, vai cair.

E quando o Google te diz que você provavelmente quer comprar uma máquina de limpeza a vapor pressurizada enquanto você discute com sua namorada que ela precisa limpar melhor os fundos, ele também está dizendo quem vai substituir o modelo atual. Se vocês acham que está invasivo agora, não perdem por esperar.

Mas não vamos adiantar problemas. Respondendo a pergunta do título: Funciona, e nada disso seria possível sem você.

Para dizer que começou a achar os advogados mais agradáveis, para reclamar que esperava temas como propaganda subliminar aqui (erm…), ou mesmo para dizer que você sempre faz compras conscientes (continue assim!): [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Koppe
Farrista tenho muitos amigos
Farrista tenho muitos amigos

Mensagens : 2122
Data de inscrição : 13/06/2010
Idade : 32
Localização : Rio Grande do Sul

http://mdhq.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por DiogoHellblazer em Ter Jul 22, 2014 9:34 pm

Sensacional o texto, Koppe!
avatar
DiogoHellblazer
Arrafista sem medo de nada
Arrafista sem medo de nada

Mensagens : 74
Data de inscrição : 13/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Quero Café em Ter Jul 22, 2014 10:10 pm

Koppe escreveu:Um texto interessante sobre esse assunto, escrito por um publicitário:


Publiciotários: Funciona?



Pior foi passar no caixa, um cara estava comprando camisinhas. E eu Sempre Livre. Tenho certeza que o filho-da-puta deu um sorrisinho debochado para mim. De qualquer forma…


Para dizer que co

Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


kkkkkkk
Lembrou um episódio dos Simpsons em que o Homer vai comprar revistas de adolescente tipo capricho para a Lisa.

Mas e aí...
O que você vai fazer?
Vai se mudar para Cuba?
Vai se mudar para alguma aldeia indígena?
Vai tentar pegar uma carona com os velhinhos de Cocoon?
Vai comprar um barril e tentar viver como uma espécie de Diógenes de Sinope moderno urbano?
Vai fabricar uma bicicleta de bambu, só comer comida que você cultivou e vestir uma bata tecida à mão?
Pouco provável.
Você pode tentar ser um consumidor mais conciente e tentar não cair em modinhas.
avatar
Quero Café
Farrista "We are the Champions"
Farrista

Mensagens : 7785
Data de inscrição : 12/06/2010
Localização : Às vezes em Marte, às vezes no espaço sideral

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Mogur em Qua Jul 23, 2014 8:52 am

Achei o texto sobre publicitários muito bom, e concordo com ele, mas algumas pessoas (poucas) não são afetadas por estratégias publicitárias. Eu mesmo sempre pesquiso sobre qualquer coisa que eu desejo comprar, e sempre experimento marcas diferentes para conhecer as que são ruins mesmo e nunca mais vou me atrever a comprar, das que são boas e merecem o tanto que valem.

Publicidade funciona mesmo na nossa sociedade, afinal as pessoas valem mais pelo que possuem ou aparentam, não pelo que são realmente! Então se você não consumir determinado produto, você é um fracassado!

_________________
Porque um homem que foge do seu medo pode descobrir que, afinal, apenas enveredou por um atalho para ir ao seu encontro. (J. R. R. Tolkien, em Os filhos de Húrin)
avatar
Mogur
Não tenho mais vida fora daqui
Não tenho mais vida fora daqui

Mensagens : 8799
Data de inscrição : 09/06/2010
Idade : 38

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por ediv_diVad em Ter Jul 29, 2014 10:14 pm

Vídeo bem legal que o Goris postou no facebook:


_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
ediv_diVad
Farrista além das fronteiras da sanidade
Farrista além das fronteiras da sanidade

Mensagens : 20265
Data de inscrição : 10/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por DiogoHellblazer em Sex Ago 01, 2014 12:23 am

Eu vi esse documentário faz tempo, lembro que fiquei bem doido:

avatar
DiogoHellblazer
Arrafista sem medo de nada
Arrafista sem medo de nada

Mensagens : 74
Data de inscrição : 13/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Goris em Sex Ago 01, 2014 8:59 am

Nesses tempos de conexão 3g horrível, sei que nem todos assistem ao vídeo, como eu mesmo assisto poucos no celular, mas achei bem interessante esse videocast do Nerdologia (conheci há pouco tempo e já sou fã) que explica bastante sobre o tema

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Goris
Farrista já viciei...
Farrista já viciei...

Mensagens : 4498
Data de inscrição : 15/06/2010
Idade : 41
Localização : Volta Redonda / RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Koppe em Seg Mar 14, 2016 10:09 pm

Não sei se esse é o tópico certo, porque esse post é mais no sentido "é caro, mas vale a pena". Mas continua dentro do tema "custo-benefício".

Eu tinha o hábito de comprar sempre o mais básico e barato de tudo, achando que assim sempre economizava. Mas algumas vezes compensa comprar um produto não tão barato mas com custo-benefício melhor.

O melhor exemplo que tenho são os calçados que uso pra trabalhar. Eu comprava botinas de segurança da marca "Qualquer Terreno" em uma loja chamada Ferramentas Gerais, em Porto Alegre. Essas botinas custavam em torno de 30 reais o par. Não consegui achar fotos, mas era bem básica, de couro, só um pouco melhores que as da marca "Cartom" sem cadarços que muitas empresas costumam distribuir aos funcionários.

Elas duravam em torno de 6 meses, às vezes menos. A sola sempre quebrava nos mesmos lugares, na parte mais larga na frente do pé, perto dos dedos. E aí, se não tivesse uma de reserva, ficava vários dias usando bota com sola quebrada, até ter um dia de folga e a chance de ir comprar outra. O que nem sempre era fácil, porque a Ferramentas Gerais só abre em dias úteis e sábado de manhã.

Um dia resolvi pesquisar se não tinha alternativa melhor. Comecei a procurar em outras lojas e madeireiras e pesquisar preços e comparar, caminhei muitos quilômetros por Porto Alegre. Me indicaram uma loja chamada Protefix, também em Porto Alegre. Lá comprei dois pares de uma bota da marca Arteflex. Custava em torno de 80 reais cada par, mas era um produto visivelmente muito melhor. Além da sola ser mais flexível, o couro é forrado por dentro na parte do calcanhar, deixando mais confortável.

Já vai pra dois anos que continuo usando esses mesmos dois pares, e não parecem que vão estragar em breve. Num deles o couro rachou em pontos específicos e achei que ia estragar logo, mas parou por ali, continua servindo bem. As solas gastaram um pouco naturalmente, mas não dão nenhum sinal de que possam rachar. Se fosse da marca que usava antes, já teria precisado comprar botas novas pelo menos 3 vezes nesse tempo, e somando tudo no fim das contas ia sair mais caro, fora a complicação de ir até a loja. Ano passado comprei mais dois pares, mas ainda não precisei tirar da embalagem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Desde então tenho tentado observar melhor, se certas coisas que duram pouco e precisam ser trocadas com freqüência não valeria mais a pena comprar ítens mais caros porém mais duráveis.

Outra troca que me pareceu valer a pena foram as lâmpadas de LED. Apesar de serem mais caras que as fluorescentes compactas, gastam menos energia e, em um ano, das 12 lâmpadas da minha casa, só uma queimou e teve que ser trocada. Fluorescente compacta não compro mais, até o momento tem valido a pena o custo-benefício das lâmpadas de LED.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Às vezes vale aquele ditado que diz que o barato pode sair caro.
avatar
Koppe
Farrista tenho muitos amigos
Farrista tenho muitos amigos

Mensagens : 2122
Data de inscrição : 13/06/2010
Idade : 32
Localização : Rio Grande do Sul

http://mdhq.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Sirius Plissken em Qui Abr 07, 2016 10:02 pm

Alguém lembra das chaves de fenda Moretzsohn?
Meu pai tem algumas de cabo azul do tempo que eu era criança. A aparência delas está horrível diante do tempo de uso, mas intactas.
Há alguns anos atrás disseram que a fábrica iria falir. Não sei se isso aconteceu.
Comentam que hoje há uma linha de cabo verde que não é tão boa assim, mas ainda vale o preço.
A questão é, você tem o melhor produto do mundo, mas a concorrência de arrebenta porque consegue fazer um preço menor porque o produto é mais vagabundo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Sirius Plissken
Estou chegando lá
Estou chegando lá

Mensagens : 5897
Data de inscrição : 09/06/2010
Idade : 99
Localização : Constelação Canis Major

http://twitradio.com.br/SiriusBlack_X

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por alexvpaula em Sab Fev 25, 2017 12:52 am

avatar
alexvpaula
Farrista Ribombando nas Galáxias
Farrista Ribombando nas Galáxias

Mensagens : 352
Data de inscrição : 28/01/2015
Idade : 37

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Sirius Plissken em Sab Abr 08, 2017 8:04 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

BEATS:
Ninguém entendeu quando a Apple comprou essa empresa.
Pelo que sei, esse produto nunca foi top de linha e continua do mesmo jeito. Custa 14 doletas pra produzir e a maçã vende com um preço que oscila entre US$150 e US$ 500. Já pensaram quanto devem cobrar por aqui?
Vi proposta mais honestas em marcas como Microprice e Skullcandy...


Última edição por Sirius Black em Dom Abr 09, 2017 5:37 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Sirius Plissken
Estou chegando lá
Estou chegando lá

Mensagens : 5897
Data de inscrição : 09/06/2010
Idade : 99
Localização : Constelação Canis Major

http://twitradio.com.br/SiriusBlack_X

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: É BARATO mas é BOM!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum